quarta-feira, 16 de dezembro de 2009



Depois de um certo tempo afastado daqui, percebi a importância e a falta que me faz estar ausente aqui nestas linhas virtuais. Estou contente por voltar a escrever!




Percebi a melhora do que venho escrevendo ao longo do tempo ao zappear pelo meu antigo blog (2003 aos dias atuais). Achei graça em muitas coisas, relembrei outras, revivi aborrecimentos e ri com as piadas que contava. Era uma fase em que muitas pessoas tinham blog. Ele precedeu a fase ICQ, Msn, Orkut e agora: Twitter. Sendo assim, a interação era muito maior que a dos dias de hoje. Isso sem desmerecer meus queridos e gentis leitores!

Incrível como as nossas expectativas são mutáveis. Agora percebo particularmente o quão importante foi o registro das minhas palavras ao longo dos anos. Ganhei boas horas pensando a respeito disso. Percebi que vamos amadurecendo, nos tornamos mais serenos. Quantas coisas almejava antes! Elas me fazem dizer: "Meu Deus! Como eu era dramático!".

Esta é a maior lição da vida: Nos desmentir o tempo todo, desconstruindo concepções de "certos" e "errados". Perceber que antes nos perdíamos em paixões que hoje são um baita aprendizado. Sou grato a todos os meus amores realizados e aos não realizados da mesma forma. Me fizeram crescer e aprender com as falhas. Erros podem te ensinar mais que acertos. As barreiras nos tornam mais fortes. Na próxima já saberemos o "pulo do gato". Apreendi isto num nível não muito consciente.

Não reduzo as considerações deste texto à uma concepção simplista de vida amorosa. Extende-se por uma seara muito maior, englobando objetivos, metas, formas de ver a vida num leque dos mais variados possíveis.

Ótimo perceber o meu próprio amadurecimento como ser humano através das minhas catarses virtuais!

Fotos: Rui Lemes




4 comentários:

Chris disse...

É uma felicidade dar-se conta do próprio amadurecimento.
E ser grato. Sempre.
Saber o pulo do gato.
Talvez essa seja a busca. E tendemos a pensar que reconheceremos o próximo passo. Um dia se acerta.

SarahC. disse...

Ah, não faz mais isso com a gente não poxa, deixar seu blog abandonado e nos privar de ler belíssimas palavras.
Nós que a sabemos usa-las temos que transmitir isso por aqui, já que a net tá tão banalizada hoje em dia!

com certeza - em minha percepção - aprendemos muito mais com os erros que com os acertos, eles nos faz persistir mais e cuidar melhor de nós mesmo!

agradeço que tenha voltado com o blog, apesar de te conhecer a pouquissimo tempo;
bjs.

Chris disse...

Será que posso ser pretensiosa?

Samuel disse...

Fala ai que eu te escuto... hehe
Se joga mano, abra seu coração, ex